Aubameyang se isola na artilharia, Dortmund vence Mönchengladbach no fim e sobe para 3º

Após o Hoffenheim ter empatado com o Colônia na sexta-feira, o Borussia Dortmund tinha a chance de saltar do quarto para o terceiro lugar no Campeonato Alemão. E aproveitou. A equipe visitou o Borussia Mönchengladbach, saiu na frente, levou a virada e conseguiu a vitória por 3 a 2 no fim, neste sábado, pela 30ª rodada.

auba gegen gladbachReus abriu o placar para os visitantes no Borussia Park com um pênalti polêmico. Stindl e Schmelzer (contra) viraram, antes de Aubameyang, que começou no banco para descansar, deixar tudo igual, dois minutos após ter ido a campo. Já aos 42min, Guerreiro definiu o triunfo aurinegro.

Com o gol marcado, o gabonês chegou a 27 na Bundesliga e desempatou com Lewandowski na liderança da artilharia. O polonês passou em branco no empate do Bayern de Munique com o Mainz 05.

O resultado faz o time comandado por Thomas Tuchel ir a 56 pontos, um a mais do que o Hoffenheim, e subir para o terceiro lugar, o último que dá vaga direta na fase de grupos da Uefa Champions League. O Mönchengladbach, com 39 pontos, está na décima colocação.

Pela próxima rodada do Campeonato Alemão, o Borussia Mönchengladbach visitará o Mainz 05 no sábado, às 10h30 (de Brasília). No mesmo dia e horário, o Dortmund receberá o Colônia.

Antes, porém, as duas equipes jogarão pela semifinal da Copa da Alemanha. O Mönchengladbach atuará em casa contra o Eintracht Frankfurt na terça, e o Dortmund enfrentará o Bayern de Munique, fora, na quarta. Ambos os embates serão às 15h45 e terão transmissão da ESPN e WatchESPN.

Gols caem no colo

GETTY

Sahin saiu machucado no primeiro tempo
Sahin saiu machucado no primeiro tempo

O placar foi aberto aos 10min, e de forma polêmica. Pulisic ganhou na corrida e levou um carrinho de Dahoud, que cometeu a infração fora da área, mas o árbitro Wolfgang Stark assinalou a penalidade, convertida por Reus. Por ironia do destino, o responsável pelo pênalti já está acertado com o Dortmund para a próxima temporada.

Apesar da ausência de Aubameyang, o Dortmund mostrava muita velocidade no setor ofensivo e foi dominante no primeiro tempo, criando algumas boas chances. A boa atuação, porém, não impediu que o time levasse o empate antes do intervalo.

Aos 43min, Mikel Merino, que entrou na vaga do lesionado Sahin aos 22min, errou um passe em frente à sua área. Hahn aproveitou e serviu Stindl, que bateu cruzado para vencer o goleiro Bürki.

Duas viradas e vitória do Dortmund no fim

GETTY

Schmelzer e Bender, do Dortmund, disputam com Hahn, do Mönchengladbach
Schmelzer e Bender, do Dortmund, disputam com Hahn, do Mönchengladbach

Na volta para a etapa final, o Dortmund voltaria a sofrer com uma falha defensiva. Após levantamento de Wendt, Schmelzer desviou contra a própria meta e deixou os mandantes em vantagem aos 3min.

Tuchel, então, colocaria Aubameyang aos 12min, e o artilheiro precisou de apenas dois minutos para marcar. Após ser acionado por Dembélé, o atacante ficou livre, driblou Sommer e mandou para a rede.

No restante do tempo, o que se viu foi um jogo agitado, com as duas equipes alternando descidas ao ataque. Melhor para o Dortmund, que conseguiria a virada aos 42min. Após ter acertado a trave minutos antes, Guerreiro aproveitou levantamento de Castro e cabeceou para o fundo do alvo.

por espn.com.br

Compartilhe

    2 thoughts on “Aubameyang se isola na artilharia, Dortmund vence Mönchengladbach no fim e sobe para 3º

    1. Boa tarde, Gerd!
      Vi o jogo sábado, acompanho sempre o Borussia Dortmund. Vi que o Sócrates estava machucado e o Bartra por ter sofrido o acidente como ônibus também está fora. E também sei que o Borússia tem a decisão de quarta feira pela a Copa da Alemanha.
      Mas tenho notado de um bom tempo pra cá, que o treinador tem feito muito rodízio na escalação da equipe.
      Times como Barcelona, Real Madrid, até mesmo os grandes da Inglaterra, não fazem este rodízio.
      Porque o Borussia Dortmund faz sempre este rodízio de jogadores, e não atua sempre com um time titular?
      Você não acha que isso é prejudicial para o time?

      Abraço,

      Luciano Berg

      Novo Hamburgo R/S.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *