Bayern desperdiçou a chance de contratar Cristiano Ronaldo

FILES-FBL-EUR-C1-REAL MADRIDCristiano Ronaldo tem 33 anos de idade. Ele provavelmente vai faturar 30 milhões de euros com a sua transferência para a Juventus de Turim. Mesmo assim sua contratação foi um bom negócio para o clube italiano. Uma chance que o Bayern Munique desperdiçou.

Os corretores de imóveis em Turim estão em alerta máximo: Cristiano Ronaldo está à procura de uma casa na cidade – e o português precisa de muito espaço.  Sua moderna academia de ginástica instalada na sua casa em Madrid precisa encontrar um lugar – principalmente sua câmara de baixa temperatura. Ronaldo, o super profissional, faz o máximo possível para cuidar do seu corpo. Ele já tem 33 anos.

Nos últimos anos, o Real Madrid adotou uma nova tática já levando em conta a idade do jogador. Ronaldo não jogava mais tanto pelas pontas, correndo intensamente. Em vez disso, o atacante atuava mais pelo meio, no comando do ataque.  É bem provável que ele exerça a mesma função na Juventus. Porém mesmo todo gelo do mundo e uma função que exige menos correria não podem parar o tempo. Quantos anos o craque ainda tem pela frente no mais alto nível do futebol? Certamente um ou dois. Talvez três ou quatro. Ao menos é isso que seu novo clube espera – seu contrato vai até meados de 2022. Ele deve faturar aproximadamente 30 milhões de euros (líquidos) por ano. 105 milhões de euros foi o valor da sua contratação.

FBL-ITA-SERIE A-JUVENTUS-RONALDOVale a pena investir tanto em um jogador “tão velho”? A resposta imediata é: sim. A curto prazo, Ronaldo vai ajudar a Juventus.  Mais importante do que sua contribuição em campo, Cristiano é a maior marca do futebol mundial, superior a Messi e Neymar, e também maior que Mbappé e Salah. Como se tudo isso não bastasse, ele foi eleito o melhor jogador do mundo nos últimos dois anos. E, após levar o Real Madrid à conquista da Champions League pelo terceiro ano consecutivo e também a seleção portuguesa até as oitavas de final da Copa do Mundo, é bem provável que CR7 agora queira faturar a Bola de Ouro pelo terceiro ano seguido.

Onde quer que Ronaldo jogue, todo mundo assiste. Jogadores são a moeda mais valiosa do mercado do futebol, e o português é um trunfo, que vende camisas e ingressos além de atrair patrocinadores.  Na história do futebol, temos clubes que gostam de impressionar com o aumento súbito do valor da transferência e com contratos audaciosos. Porém crianças e jovens se interessam cada vez menos por essas histórias. Eles querem mesmo é usar a camisa dos astros, independente do clube que o craque jogue – essa questão é secundária. Hoje em dia, qual menino de 10 anos de idade se interessa pela história do PSG ou pelo valor da multa e a negociação de Ronaldo com as autoridades fiscais da Espanha?

Claro que a Juventus sabia de tudo isso. Caso contrário 220 milhões pelo pacote CR7 seria um negócio muito caro para os italianos. Segundo a empresa Deloitte, a Juventus teve um faturamento de 405,7 milhões de euros no último ano. Em comparação com os demais clubes do cenário internacional, a Juventus ficou em 10º lugar entre os que mais faturaram. Deloitte considerou os seguintes fatores para determinar o montante da receita: arrecadação por meio da venda de ingressos, direitos televisivos, patrocínio e merchandising.

Na frente do clube italiano aparecem os dois gigantes da Espanha, Real Madrid e Barcelona, o Paris St Germain, cinco clubes da Premier League e o Bayern Munique. Os bávaros ocupam o 4º lugar no ranking, com uma receita de 587,8 milhões de euros, portanto, 180 milhões de euros a mais que a Juventus. De acordo com esses números, o Bayern tem poder financeiro superior ao time italiano.

Na atual janela de transferências, o Bayern anda muito contido. Leon Goretzka e Serge Gnabry chegaram como reforços; talvez o novo técnico do clube, Niko Kovac, traga junto com ele o atacante croata Ante Rebic do Eintracht Frankfurt.  O maior rumor gira em torno de Benjamin Pavard, lateral direito da seleção francesa, atualmente no Stuttgart. São jogadores que podem levar o clube novamente ao título do Campeonato Alemão, mas que não fazem o clube ficar mais vistoso no cenário internacional.

O Bayern Munique é um clube que se vê como uma grande família. Uma característica que agrada torcedores da velha guarda, mas não atrai o público mais jovem. Dessa maneira o clube não vai conquistar o mercado da China e dos Estados Unidos. Estas modestas contratações não deverão surtir efeitos positivos para impulsionar e fazer crescer a imagem da Bundesliga, como, por exemplo, a Serie A deverá ter com a vinda de CR7.

No início deste ano, perguntaram a Karl-Heinz Rummenigge, Presidente do Conselho Diretivo do Bayern, quando o maior clube da Alemanha ia fazer sua primeira contratação superior a 100 milhões de euros. “Quando for necessário”, respondeu Rummenigge. Parece que CR7 foi uma boa oportunidade para se fazer tal investimento – e que o Bayern desperdiçou.

De: Der Spiegel (Lukas Rilke) 

Tradução:

Rodrigo Wenzel

RW_ass_email (1)

 

 

 

 

Compartilhe

    One thought on “Bayern desperdiçou a chance de contratar Cristiano Ronaldo

    1. Exato. O patamar do Calcio e da Juventus agora é outro. Não a toa a Alemanha quase perde uma das 4 vagas para a UCL, e a Itália reconquistou uma das vagas. Alemanha terá que fazer realmente uma nova revolução em seu futebol. Pois o fiasco da seleção na Copa, também contribui negativamente.
      Bayern há 5 anos tem sido assim. Compra barato e vende barato.
      Uli: “não pagaremos 100 milhões em um só jogador”.
      Como se o CR7 fosse qualquer jogador, e não valesse isso.
      Política ultrapassada.
      O Bayern poderia ter contratado o CR7 tranquilamente. Isso que me deixa mais indignado. Juventus precisou de dinheiro “doado”, para poder juntar os 100 milhões de euros. Mas mostrou ambição e fez. Terá um lucro anual de 130 milhões de euros. O cara retorna o salário de 30 milhões pagos pelo clube, e ainda sobram 100 milhões. É muita burrice não contratar.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *