Borussia Dortmund goleia Atlético Madrid e segue invicto na temporada

guerreiro 2Jogando em casa, o Borussia Dortmund recebeu o Atlético de Madrid pela Uefa Champions League. No primeiro tempo, Witsel abriu o placar. Com as mudanças de Lucien Favre no segundo tempo, balançaram a rede mais três vezes, sacramentando a goleada e liderança do grupo, com 9 pontos..

O duelo juntava as duas equipes com campanha perfeita do grupo A. Antes da bola rolar, os dois tinham 6 pontos em duas partidas disputadas, e a liderança – e grande passo à classificação – estava em jogo.

A partida começou tensa, e a primeira boa oportunidade veio apenas aos 21 minutos do primeiro tempo. Axel Witsel ajeitou de fora da área e testou o goleiro Oblak, que se esticou para defender em seu canto direito.

O próprio Witsel voltaria a dar dor de cabeça para defesa madrilenha, e agora abrindo o placar. Com 38 minutos, o belga recebeu a bola que veio de Hakimi pelo lado esquerdo. Em posição central, de fora da área, ameaçou chutar, seguiu e enfim disparou. A bola tinha endereço no canto direito de Oblak, mas desviou em Saúl e morreu no fundo das redes, do lado esquerdo.

Na primeira etapa ainda, o Dortmund quase ampliou. Zagadou subiu alto em cobrança de escanteio e testou com muito perigo.

No período final, o Atlético de Madrid voltou pressionando. Saúl, aos 5 minutos, chutou com muito perigo. Aos 8, novamente assustou em linda finalização de canhota; a bola de curva foi em cheio na junção da trave com o travessão de Bürki. Com 10 minutos, tentou mais uma vez, mas o goleiro do Dortmund defendeu.

Após segurar as pontas na parte defensiva, o Borussia começou a tentar definir no contra-ataque. Aos 28 minutos, Rafael Guerreiro, que havia entrado em campo há dez minutos, começou a jogada no meio de campo. A bola chegou em Hakimi na esquerda. O marroquino cruzou para o meio da área e o próprio Guerreiro bateu para o fundo do gol.

O Atlético ainda seguiu com a pressão, e aos 33 Ángel Correa quase diminuiu. O argentino entrou na área pela esquerda e bateu – Bürki pegou e a bola ainda bateu na trave. Dois minutos depois, Griezmann teve outra bela chance, mas foi travado.

O golpe final veio aos 44. Filipe Luis tinha a bola pela esquerda, mas se complicou na hora de passar e deixou Raphael Guerreiro cara a cara com Oblak na entrada da área. O português deslocou o goleiro e fez o 4º gol.

Na terça-feira 6 de novembro as equipes voltam a se enfrentar, pela quarta rodada da fase de grupos da Champions League, em Madrid.

Compartilhe

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *