Bundesliga: Técnico do Fortuna Düsseldorf vive reviravolta e renova contrato

por André Donke / espn.com.br

Uma reviravolta bastante inusitada marcou o futebol alemão nos últimos dias. Na sexta-feira, o Fortuna Düsseldorf anunciou que o técnico Friedhelm Funkel sairia ao final da temporada. Nesta segunda-feira, porém, o clube confirmou a mudança de ideia ao informar que o contrato dele foi renovado até o meio de 2020. Nas horas que separaram as duas decisões, muita coisa aconteceu.

Desde março de 2016 à frente do time, Funkel conseguiu o acesso à elite do futebol germânico com a conquista da segunda divisão em 2017-18 – a equipe não jogava a Bundesliga desde 2012-13.

Com vínculo até o meio de 2019, o treinador já queria definir a extensão do mesmo ainda na pausa de inverno do Alemão. O clube preferia esperar até o fim da temporada. O impasse gerou a decisão do Düsseldorf.

Querido pela torcida, o treinador de 65 anos – o mais velho esta edição do Campeonato Alemão -, demonstrou toda sua frustração com o episódio. Ao falar sobre a situação, ele ficou com lágrimas nos olhos e disse que “tenho a sensação que não há mais confiança em mim” e ainda anunciou: “A partir do verão (na Europa), eu serei um aposentado”.

A decisão também pareceu não cair no gosto do elenco, que é próximo de Funkel. O capitão Oliver Fink até que os jogadores “caminharam através do fogo por ele”.

A torcida também não ficou nada contente. Logo vieram protestos contra o diretor esportivo Lutz Pfannenstiel e o presidente Robert Schäfer. No sábado, um grupo de torcedores esperava no aeroporto de Düsseldorf a delegação que retornava de intertemporada na Espanha. Entre pedidos de saída de Schäfer, houve também gritos de apoio ao treinador.

Em meio a este cenário, o Fortuna mudou de ideia. No sábado mesmo, Schäfer reconheceu erro por parte do clube, e as negociações foram reabertas. “Houve uma inflexibilidade equivocada, foi um erro. Houve danos, sem dúvidas, e devemos agora consertar”, afirmou à emissora alemã Sport1.

Na segunda-feira, veio a solução. Funkel agora tem contrato até 2020, com uma condição: o vínculo só será válido se a equipe conseguir a permanência na Bundesliga.

Atualmente, o Düsseldorf está na 14ª posição, com 18 pontos, sete a mais do que o 17º colocado Hannover, que hoje estaria rebaixado diretamente. O Stuttgart, com 14 unidades, figura em 16º e hoje teria de disputar um playoff contra o terceiro da segunda divisão para definir um lugar na elite. O próximo compromisso da equipe é contra o Augsburg, fora de casa, às 12h30 (de Brasília) de sábado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *