Champions League: Ter Stegen pega pênalti, Barcelona segura pressão do Dortmund e estreia com empate sem gols

RECORDE DE ANSU FATI

Com 16 anos e 321 dias, ele virou o jogador mais jovem na história a defender o clube catalão no torneio, ao ser escalado como titular diante do Borussia Dortmund no Sginal Iduna Park, pela primeira rodada do grupo F. O atacante de Guiné-Bissau superou Bojan Krkic (17 anos e 22 dias), que havia alcançado o feito em setembro de 2007.

DORTMUND MAIS PERIGOSO

A primeira etapa se mostrou equilibrada, mas quem criava as melhores oportunidades era o Borussia Dortmund. Reus perdeu boa chance na cara de Ter Stegen, que saiu abafando bem o lance. No final do primeiro tempo, Paco rolou na entrada da área para Sancho chegar batendo por cima. O lance de mais perigo do Barça aconteceu em escanteio que Piqué desviou e a bola passou raspando a trave. Nenhum chute dos catalães no gol na primeira etapa, algo que não ocorrida desde 1º de fevereiro de 2018 contra o Chelsea.

PAROU EM TER STEGEN

O Dortmund teve uma chance de ouro para sair com a vitória, mas desperdiçou. Marco Reus cobrou pênalti que Semedo fez em cima de Sancho, mas Ter Stegen fez a defesa e manteve o zero no placar. De seis pênaltis batidos contra Ter Stegen, o alemão defendeu quatro em jogos de Champions League. Um verdadeiro paredão. Mas o Dortmund não parou por aí. Julian Brandt acertou um chutaço no travessão e Ter Stegen defendeu mais uma de Marco Reus, dessa vez em chute à queima roupa na pequena área.

Na outra partida do grupo, o Slavia Praga empatou com a Inter de Milão: 1 a 1.

PRÓXIMA RODADA

Borussia Dortmund – quarta-feira (02/10) – 13h55 – Slavia Praga – Eden Arena

Barcelona – quarta-feira (02/10) – 16h00 – Inter de Milão – Camp Nou

por espn.com.br / revisão: Gerd Wenzel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *