Com show de Reus, Borussia Dortmund vence o Freiburg com facilidade

Gazeta Esportiva

Na tarde deste domingo, o Freiburg recebeu o Borussia Dortmund em partida válida pela 30° rodada do Campeonato Alemão e venceu pelo placar de 4 a 0. O destaque ficou por conta de Marco Reus, que marcou um gol e deu assistências para os gols de Jadon Sancho e Mario Götze.

Com o resultado, o time da casa ocupa a segunda colocação do torneio com 69 pontos, um a menos que o líder Bayern Munique. A equipe visitante, por sua vez, aparece em 13°, com 32 pontos.

O Freiburg volta a entrar em campo no próximo sábado, fora de casa, contra o Leipzig. Já o Borussia, no mesmo dia, tem o clássico diante do Schalke 04, no Signal Iduna Park.

O jogo – Mesmo jogando fora de casa, o Borussia Dortmund não se mostrou nem um pouco intimidado e começou pressionando. Diante de um rival bem menos qualificado tecnicamente, a equipe abriu o placar aos 12 minutos com gol de Jadon Sancho que ainda contou com a assistência de Marco Reus.

Logo na sequência, aos 14 minutos, o time da casa ainda tentou responder, mas Gunter não foi feliz na finalização. O Freiburg parecia não ter sentido o gol sofrido logo no início, e mostrou ímpeto para tentar o empate com Waldschmidt e Florian Niederlechner, mas as finalizações não levaram perigo ao gol de Burki.

Se Reus foi o responsável pela assistência do primeiro gol, aos nove minutos da etapa complementar foi a vez do camisa 11 balançar as redes, dando uma maior tranquilidade ao time aur-inegro.

Mesmo com dois gols de desvantagem, o time da casa não desistiu, e seguiu em busca de um gol para diminuir o prejuízo. Quem tinha a maior posse de bola era o Borussia Dortmund, que tentava administrar a vitória parcial, enquanto o Freiburg apostava nos contragolpes.

 Apesar do ímpeto do time mandante, o dia era mesmo de Marco Reus. Aos 34 minutos, o alemão deu assistência para o companheiro Mario Götze marcar o terceiro e deixar os visitantes em uma situação muito confortável.

Com a vitória praticamente assegurada, aos 42 minutos ainda houve tempo para Paco Alcácer, de pênalti, marcar o quarto gol e dar números finais ao jogo no Estádio Mage Solar.

Gazeta Esportiva / revisão Gerd Wenzel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *