Dortmund decepciona em casa, perde de virada para o Tottenham e é eliminado da Champions

dortmund decepcionaA chance de o Borussia Dortmund avançar para as oitavas de final da Champions League chegou ao fim nesta terça-feira. Jogando em casa, o time alemão perdeu de virada para o Tottenham por 2 a 1, no Signal Iduna Park, em Dortmund, nesta terça-feira. Mesmo vencendo, ficaria fora porque o Real Madrid goleou por 6 a 0 o Apoel, do Chipre, no outro jogo do Grupo H do torneio europeu, pela quinta rodada da competição.

Assim, a classificação da chave tem o Tottenham na liderança com 13 pontos seguido pelo Real, com 10, o Dortmund, com dois, e o Apoel, com dois.

Os times inglês e espanhol já estão classificados e têm as posições definidas. Isso porque, mesmo que seja alcançando em pontos, o time inglês leva vantagem nos confrontos diretos contra o Real Madrid (ganhou um e empatou o outro).

Já o Dortmund pode se consolar com a vaga para a fase dezesseis-avos da Liga Europa. Para isso precisar terminar na terceira colocação do Grupo H. A conta é simples: se vencer e o Apoel empatar ficará com a vaga. Isso também será possível se empatar e o rival for derrotado na rodada final.

O último jogo da fase de grupos da Champions League será no dia 6 de dezembro. O Dortmund jogará contra o Real, em Madri. Já o Tottenham enfrentará o Apoel, em Londres. Como já mencionado, a rodada não vale mais nada para os líderes.

Nesta quarta, o Dortmund abriu o placar com Aubameyang, aos 31 minutos. O atacante retornou ao time justamente neste jogo contra o Tottenham após ter sido afastado do jogo anterior contra o Stuttgart por ter chegado atrasado em um treino.

O Tottenham empatou aos 4 minutos da etapa final, com Harry Kane. Depois, aos 31, Heung-Min Son virou o marcador.

No final, o Dortmund ainda teve de substituir o goleiro Burki porque ele sofreu uma pancada na cabeça ao tentar defender uma finalização de Llorente. Deixou o campo aos 46 minutos do segundo tempo e deu lugar a Weidenfeller.

A campanha melancólica na Champions League deixa o técnico holandês Peter Bosz ainda mais pressionado. O Dortmund acumula quatro jogos sem vencer: um empate e três derrotas.

Compartilhe

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *