Dortmund vence Mönchengladbach e abre 9 pontos de vantagem na liderança na Bundesliga

O Borussia Dortmund recuperou-se de forma imediata após perder a invencibilidade na Bundesliga. A equipe recebeu o Borussia Mönchengladbach no Signal Iduna Park em um confronto direto pela liderança e venceu por 2 a 1, nesta sexta-feira, pela 17ª rodada, a última do primeiro turno.

Jadon Sancho e Marco Reus marcaram para os donos da casa, além de terem feito uma grande partida. O segundo, inclusive, foi a 11 gols na competição, um a menos do que os artilheiros Paco Alcácer e Luka Jovic. Cristopher Kramer fez para os visitantes.

Com o resultado, os auri-negros, que vinham de derrota para o Fortuna Düsseldorf, vão a 42 pontos e abrem nove de vantagem para o próprio Mönchengladbach, que aparece na segunda colocação. O Bayern Munique também tem 33 pontos e visitará o Eintracht Frankfurt neste sábado.

Apesar do triunfo, o técnico Lucien Favre teve um motivo para lamentar. Isso porque Paco Alcácer foi substituído por Götze após ter sentido lesão, aos 34min.

Agora, a Bundesliga terá sua tradicional pausa de inverno. Assim, o Borussia Dortmund voltará a campo só em 19 de janeiro (sábado), quando visitará o RB Leipzig na Red Bull Arena, às 15h30 (de Brasília). No mesmo dia, o Borussia Mönchengladbach irá à BayArena encarar o Bayer Leverkusen, às 12h30.

O jogo – Os mandantes tomaram a iniciativa e foram para cima, mas tinham dificuldade diante de um Mönchengladbach bem postado. A não ser em um lance em que Reus ficou de frente para Sommer e parou no goleiro, o time auri-negro pouco perigo levou ao adversário, que, por sua vez, praticamente não assustou Bürki.

Este cenário, no entanto, não impediu que os líderes abrissem o placar aos 42min. Beyer errou passe no campo de ataque e deu início a um contragolpe letal. Reus foi acionado em velocidade, tocou na área. Guerreiro ajeitou para Sancho, que escapou da marcação e, mesmo sem ângulo, venceu Sommer.

Antes do intervalo, porém, os visitantes buscaram a igualdade. Zakaria levantou da direita, Kramer cabeceou em seu próprio braço, pegou a sobra e mandou para a rede.

Na volta para a etapa final, o Dortmund buscou ser mais incisivo e conseguiu marcar em novo contra-ataque, aos 9min, que foi iniciado em um lance polêmico. Toprak fechou a porta para Plea, que caiu no chão e pediu a falta. Na sequência da jogada, Sancho disparou e serviu Götze, que deu passe perfeito para Reus completar de carrinho para o fundo do gol.

Reus quase ampliou com uma cobrança de falta na trave aos 20min. O lance, porém, não faria falta ao torcedor do Borussia Dortmund, que irá virar o ano com um largo sorriso no rosto.

por espn.com.br

Compartilhe

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *