Em jogo histórico marcado por protestos da torcida, Frankfurt consegue a virada e derrota Leipzig

gegen montagO RB Leipzig perdeu a oportunidade de assumir a vice-liderança do Campeonato Alemão na partida de fechamento da 23ª rodada da competição. No primeiro jogo da história da Bundesliga numa segunda-feira, o Leipzig perdeu para o Frankfurt, por 2 a 1, na Commerzbank-Arena. Os gols da partida foram marcados por Chandler e Boateng, para os donos da casa, e Augustin, em favor dos visitantes.

O fato curioso, aliás, foram os protestos ao longo do confronto. Além de manifestações no primeiro tempo, com faixas estendidas protestando contra a realização de partidas às segundas-feiras (foto acima), o público presente no estádio atirou centenas bolas de tênis no gramado antes do início da etapa final, atrasando o recomeço do duelo. A realização de partidas na segunda-feira sofre resistência das camadas mais conservadoras e radicais das torcidas espalhadas pela Alemanha.

Na tabela de classificação, os visitantes desta segunda-feira estacionaram nos 38 pontos, não conseguindo chegar ao segundo lugar na disputa, enquanto os mandantes somam agora 39, ficando na terceira colocação. Na próxima rodada, o Leipzig recebe o Colônia em seus domínios, às 14h00 (horário de Brasília) do domingo. Já o Frankfurt vai até Stuttgart para encarar a equipe local, às 11h30 (horário de Brasília) do sábado.

O jogo – O Leipzig inaugurou o marcador logo aos 12 minutos da primeira etapa. Laimer fez bela jogada pela lateral e, tabelando, arrancou com a bola. Ao entrar na grande área, o meia serviu Augustin, que não desperdiçou a oportunidade e abriu o placar em favor dos visitantes.

A felicidade dos comandados de Ralph Hasenhüttl pouco durou. Após cobrança de escanteio, Abraham aproveitou a dividida e o passe para dar a assistência, de cabeça, para Chandler. O americano empurrou a bola com força, de sola, empatando a disputa.

Perto da marca de 30 minutos, o árbitro da partida assinalou penalidade máxima a favor do RB Leipzig. Laimer aproveitou vacilo da defesa dos mandantes e roubou a bola próximo do gol de Hradecky, servindo Sabitzer. O atacante caiu dentro da área e comemorou a marcação do pênalti, mas logo o juiz do confronto recorreu ao VAR (Video Assistant Referee – árbitro de vídeo, em inglês) e, assinalando impedimento, anulou a jogada.

No segundo tempo, após uma confusão ocorrida depois do apito parcial do árbitro na etapa inicial, o marcador da partida permaneceu inalterado, apesar do Leipzig tentar chegar ao segundo gol. Ao final dos 90 minutos, vitória do Frankfurt: 2 a 1.

por espn.com.br / gazeta press / revisão de Gerd Wenzel

Compartilhe

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *