Guardiola adverte: “…vamos sofrer”

foto guardiola 2Pep Guardiola não tem boas lembranças dos jogos que disputou em Londres contra os Gunners quando era técnico do Barcelona. Nas quartas de final em 2010 e nas oitavas em 2011, o catalão jogou contra o Arsenal e teve que se contentar com um empate por 2 a 2 e uma derrota por 1 a 2. Ou seja: Guardiola não sabe o que é vencer na casa dos Gunners. Naqueles tempos o Barça conseguiu reverter a situação nos jogos de volta, mas mesmo assim Guardiola adverte:

“Aqui é impossível dominar o jogo durante 90 minutos, mas vamos tentar porque se deixarmos a iniciativa para eles, vamos sofrer.”

De fato, o Arsenal se desenvolveu muito desde a última temporada, especialmente no seu setor defensivo. Até a partida contra o Liverpool pela FA Cup domingo passado (2 a 1), os Gunners já estavam 700 minutos sem tomar um gol sequer. E contra o Bayern o papel da defesa inglesa será fundamental para obter um bom resultado.

A advertência de Guardiola não é por acaso. O diretor executivo do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge não deixa margem para dúvidas:

Precisamos ter consciência de que esse é o melhor Arsenal dos últimos anos. Temos uma tarefa duríssima pela frente, não apenas porque eles melhoraram o seu jogo, mas também porque mentalmente estão em melhor forma.”

De outro lado, voltar à cidade de sua grande conquista do ano passado, pode dar uma chicotada psicológica no time do Bayern. Arjen Robben, por exemplo, acha “ótimo voltar ao local do maior triunfo.” O holandês fez o gol da vitória naquela partida memorável contra o Borussia Dortmund que deu o título ao Bayern Munique. Por coincidência ou não, a delegação bávara está hospedada no mesmo hotel do ano passado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *