Kicker decreta: Löw vai levar muitos problemas para a Rússia

O chefe de reportagem do site Kicker entende que Joachim Löw, em sua bagagem para a Rússia, vai levar uma lista de problemas da Mannschaft. Problemas estes que ele tem apenas alguns dias para resolver, .como por exemplo: intensidade de jogo, linguagem corporal e espírito de equipe.

“A seleção alemã até que teve sorte de não ter sofrido o gol de empate já nos acréscimos. Empatar com a Arábia Saudita no jogo de despedida antes da Copa, de fato, seria muito constrangedor. Mais uma vez a defesa alemã estava pedindo para tomar um gol – completamente aberta – e o artilheiro Al-Sahlawi foi incapaz de, mesmo completamente livre, de marcar o gol de empate. Pelo menos a serie negativa de cinco jogos sem vitória foi interrompida e, no frigir dos ovos, este foi um dos poucos aspectos positivos desta partida.

Faltou disposição e espírito vencedor

Contra uma seleção que certamente não pertence à elite do futebol mundial, a Alemanha desperdiçou muitas oportunidades – um pecado mortal que vira e mexe é cometido pelos alemães. Além disso, o goleiro saudita Al-Mayouf fez ao menos quatro boas defesas e Reus e Khedira só acertaram a trave.

Mas o que faltou mesmo foi o empenho e o espírito vencedor para definir o jogo. Especialmente Müller e Draxler deixaram muito a desejar neste quesito. Acrescentem-se a isso os buracos que vira e mexe apareciam na defesa, seja pelo lado direito, esquerdo ou no faixa central, e estava pronta a receita para uma surpresa saudita que por muito pouco não aconteceu.

Mesmo assim, Joachim Löw está tranquilo e confiante na certeza de que vai conseguir resolver todos estes problemas a partir de terça-feira quando a delegação alemã viaja para Moscou.

Jerome Boateng visivelmente não está ainda na sua melhor condição física. Pelo lado esquerdo da defesa, quando Jonas Hector sobe para o ataque, não aparece ninguém para cobrir este setor: nem Draxler, nem Khedira, nem Hummels se sentem responsáveis para dar cobertura. Pelo contrário, os três estavam se divertindo no ataque enquanto a defesa ficava escancarada.

O mesmo vale para Joshua Kimmich que adora fazer as suas gracinhas como ponta direita e esquece que sua primordial função é a de lateral direito compondo a primeira linha de defesa. Marco Reus foi relativamente bem, deu a assistência para Timo Werner marcar o primeiro gol, mas ainda não está na sua melhor forma que lhe permita explorar todo seu potencial.

Draxler teve alguns lampejos e só. Se o jovem meia do PSG não mostrar serviço nesta Copa, vai sobrar para Löw que, como todos sabem, preferiu levar Julian Brandt e dispensou Leroy Sané. De todo modo, as atuações de Draxler durante a Copa das Confederação acabaram sendo supervalorizadas pela mídia por causa da conquista do título.

Apesar deste quadro, o técnico alemão continua confiante. Mas é certo que quase todos os jogadores precisam melhorar de rendimento, a transição defesa / meio campo / ataque precisa finalmente funcionar intensamente.

Sobrou alguém para ser elogiado? Sobrou – seu nome é Manuel Neuer. O goleirão confirmou que está 100% fisicamente, premissa fundamental para que possa nos presentear com soberbas atuações. E que não sejam só dele, mas da equipe como um todo. Porque, como se sabe, “uma andorinha, não faz verão”.

www.kicker.de

Karlheinz Wild

 

 

Compartilhe

    2 thoughts on “Kicker decreta: Löw vai levar muitos problemas para a Rússia

    1. Gerd, eu acho que, nessa Copa, a Alemanha vai entrar bem mais pressionada do que estava em 2014. Não só por causa da defesa do título, mas porque não vem fazendo jogos convincentes há um certo tempo, mesmo contra equipes frágeis tecnicamente…

    2. Mesmo com todos esses problemas a Alemanha é muito forte. Na hora que realmente importa, eles são fortes mentalmente.

    Deixe uma resposta para Mandy Cancelar resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *