Klinsmann: para a Alemanha falta o desejo ardente de vencer

foto KlinsmannAinda faltam pouco menos de cinco meses para a Copa do Mundo no Brasil, mas para os Estados Unidos o torneio já começou. O técnico da seleção norte-americana, o alemão Jürgen Klinsmann (foto), está com sua equipe em São Paulo visando uma melhor preparação para a competição que se realizará em junho e julho no Brasil.
O treinador alemão, de 49 anos, declarou ao site Kicker que “…podemos jogar de igual para igual com as grandes nações futebolísticas do mundo. Podemos desafiá-las mesmo sob condições adversas. Se nos adaptarmos rapidamente às condições climáticas teremos maiores chances de vitória. Tenho certeza que vamos passar para as oitavas de final.
Mesmo assim, para Klinsmann, os maiores favoritos no grupo são Alemanha e Portugal, mas ele não se dá por vencido: “Não faz diferença se suas chances são de 40 ou 10%. Sabemos que num bom dia podemos vencer a Alemanha. É por isso que não tenho medo de ninguém, nem de Gana, nem de Portugal.”
No que se refere à Alemanha, Klinsmann declarou neste sábado em São Paulo: “Se você chega à semi-final de um grande torneio como a Copa do Mundo, passar à final só depende do seu desejo ardente de vencer e de você ter um jogador na equipe que possa fazer a diferença. A Alemanha nas últimas competições internacionais não tinha esse desejo nem contava em suas fileiras com um jogador que pudesse fazer “aquela” diferença!”
Quanto à seleção norte-americana ele espera “…mostrar ao mundo que pode surpreender e fazer uma boa figura na Copa do Mundo. A seleção norte-americana poderá comprovar isso quando for enfrentar a Alemanha no dia 26 de junho em Recife.” Antes disso vai se haver com Gana (16.6.) e Portugal (22.6.).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *