Löw convoca seleção para o jogo contra a França e diz que Alemanha foi arrogante durante a Copa

Dois meses após a histórica eliminação na Copa do Mundo, Joachim Löw se manifestou pela primeira vez em público. O técnico da seleção alemã criticou todo seu sistema de jogo.

löw heuteJoachim Löw, técnico da seleção da Alemanha, falou pela primeira vez sobre o fracasso da equipe na Copa do Mundo. Durante uma coletiva de imprensa em Munique, Löw admitiu os erros graves na preparação do sistema de jogo da equipe. “Eu tinha que ter orientado o time para jogar de forma mais segura”, disso o treinador dois meses após a eliminação histórica na fase de grupos do Mundial.

Depois Löw informou que o auxiliar Thomas Schneider não faz mais parte da comissão técnica. Schneider, porém, deve assumir o comando do departamento de olheiros da Federação Alemã de Futebol. Urs Siegentahler, o criticado supervisor dos olheiros, segue em sua função. Ele também continua como o responsável pela análise dos próximos adversários.

“Em campo, a posse de bola é importante, mas em torneios eliminatórios, o time tem que se adaptar”, disse Löw sobre o desempenho da sua equipe na Copa do Mundo. Foi nesse aspecto que seus comandados não tiveram sucesso. Acharam que a garantia da posse de bola os levaria ao ataque, o que foi “bem arrogante”, disse o treinador. Ele anunciou que, de agora em diante, pretende implantar um estilo de jogo mais “flexível e seguro”.

Após o título na Copa de 2014, a seleção piorou

Na Fase de Grupos da Copa da Rússia, a Alemanha enfrentou o México (derrota por 1 a 0), Suécia (vitória por 2 a 1) e Coreia do Sul (derrota por 2 a 0). De todos esses confrontos, no primeiro, contra o México, a seleção alemã parecia mal preparada e surpresa com os ataques do rival no início da partida.

Löw também afirmou que a seleção, desde o título na Copa do Brasil em 2014, piorou em alguns aspectos. O time “não jogou em profundidade” e se mostrou “lento na construção” das jogadas. E o rival explorou de maneira “ideal” essas falhas.

No dia 6 de setembro, em Munique, a Alemanha enfrenta a atual campeã mundial, a França, no início da Liga das Nações. Depois, no dia 9 de setembro, a Mannschaft disputa um amistoso contra o Peru. A partida será realizada na cidade de Sinsheim, na Alemanha. A partir de então, a comissão técnica será bem menor do que na Copa do Mundo na França, informou Oliver Bierhoff, manager da Federação. Para o futuro, Löw afirmou: “Vamos trabalhar bastante para fazer o time retomar ao caminho da vitória”.

Nota da Redação: ainda durante a entrevista coletiva, Joachim Löw anunciou o elenco que enfrentará a França e o Peru na próxima semana:

Gol: Neuer, ter Stegen
Defesa: Boateng, Ginter, Hector, Hummels, Kehrer, Kimmich, Rüdiger, Schulz, Süle, Tah
Meio campo / ataque: Brandt, Draxler, Goretzka, Gündogan, Kroos, Havertz, Müller, Petersen, Reus, Sané, Werner.

 

Fonte: spiegel.de

Tradução: Rodrigo Wenzel

Compartilhe

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *