Löw entra em férias e não fala com ninguém até agosto

Germany v France - Semi Final: UEFA Euro 2016O técnico Joachim Löw, que se considera o maior responsável pelo estrondoso fracasso da Alemanha na Copa do Mundo na Rússia, vai entrar em recesso até meados de agosto para refletir e analisar os motivos que desembocaram na eliminação da Mannschaft. Até lá guardará silêncio: não dará entrevistas, nem falará com a imprensa.

De acordo com o jornal “Welt am Sonntag” estará de férias.

Tudo o que se ouviu de Joachim Löw desde a prematura eliminação da seleção alemã foi apenas: “Vou continuar e quero participar ativamente da reconstrução do time”. Ponto, parágrafo.

Mais não foi dito, a não ser algumas palavras protocolares por parte do todo poderoso “manager” da Federação Alemã de Futebol, Oliver Bierhoff que, em resumo, também não esclareceram muita coisa.

Há alguns dias, Jürgen Klinsmann se manifestou sobre seu ex-assistente na Copa de 2006: “Ele é o homem certo, mas precisa ser suficientemente honesto e analisar cada pequeno detalhe que levaram ao fracasso”. Ou seja, pediu que Joachim Löw fizesse a sua auto-crítica, algo que normalmente não se viu por parte do técnico alemão já faz algum tempo – pelo menos desde a conquista do título em 2014.

A última vez que Löw apareceu em público foi em Freiburg, num dos tradicionais Cafés bucólicos de sua cidade natal. Desde então – silêncio absoluto, o que em tempos de crise, como estes pelos quais o DFB e a “Mannschaft” estão passando, não deixa de ser uma estratégia interessante.

Em 6 de setembro começa a Liga das Nações, um torneio oficial da UEFA. O primeiro jogo da Alemanha será contra a França. A partida será realizada em Munique na Allianz Arena.

Até lá, Joachim Löw certamente vai abrir sua boca. A verificar o que sairá dela.

Gerd Wenzel

 

Compartilhe

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *