Real Madrid empata com Bayern Munique e vai à 4ª final da Champions em 5 anos

kimmich comemoraO atual bicampeão europeu irá defender seu posto de rei do continente mais uma vez. O Real Madrid saiu atrás logo de cara, sofreu, viu Keylor Navas fazer grande atuação, mas conseguiu a classificação à final da Uefa Champions League ao empatar com o Bayern de Munique por 2 a 2, nesta terça-feira, no Santiago Bernabéu. No duelo de ida, os espanhóis tinham vencido por 2 a 1.

Dessa forma, o Real buscará seu quarto título da competição nos últimos cinco anos e tentará ser o primeiro tricampeão desde o Bayern de 1974, 1975 e 1976.

O resultado ainda confirma a freguesia dos germânicos, que caem pela terceira vez consecutiva para o rival – as outras foram na semifinal de 2014 e nas quartas de 2017, também para times espanhóis: Barcelona e Atlético Madrid.

benzemaKarim Benzema foi o herói da classificação ao marcar os dois gols dos merengues. Assim, ele chegou a 55 na Champions, sendo o quinto maior artilheiro da competição, um gol a menos do que Ruud van Nistelrooy. Navas também teve atuação monumental impedindo o Bayern de fazer o terceiro gol que daria a classificação. Kimmich e James Rodríguez marcaram para os visitantes.

Para esta partida, o Real Madrid, que foi a campo sem Casemiro por opção de Zidane, viu o rival muitas vezes dominar o meio de campo. Ao longo dos 90 minutos, o que se viu foi um jogo intenso, de alto nível e com grandes chances de ambos os lados. O astro Cristiano Ronaldo teve uma atuação apagada e perdeu uma oportunidade incrível no segundo tempo.

Na decisão, o ‘Rei da Europa’ espera pelo vencedor de Liverpool e Roma, que se enfrentam nesta quarta-feira na Itália. Na ida, vitória inglesa por 5 a 2. A final será em 26 de maio, sábado, no Estádio Olímpico de Kiev, na Ucrânia.

Agora, os dois times voltarão a campo no fim de semana por seus respectivos campeonatos nacionais. No sábado, o Bayern Munique visitará o Colônia, às 10h30 (de Brasília). Um dia depois, o Real Madrid visitará o Barcelona no Camp Nou, às 15h45.

1º tempo: gols no começo e muita intensidade

Precisando de dois gols, os visitantes foram para cima e abriram o placar logo com 3min. Müller levantou da direita, Sergio Ramos foi mal no lance, a bola acertou Tolisso e sobrou limpa para Kimmich, que bateu firme para o fundo da rede.

Oito minutos depois, os donos da casa conseguiram o empate o empate em um lance em que Marcelo teve espaço na linha de fundo. O brasileiro recebeu ótimo lançamento de Modric, cruzou de forma precisa, Benzema se desvencilhou da marcação de Alaba e cabeceou para o alvo. O francês vivia um jejum de sete partidas sem marcar. Na Champions, a seca era de seis confrontos.

O placar ainda poderia ser mais movimentado – e pelos dois lados. Aos 32min, Lewandowski parou em defesa de Navas. No mesmo lance, Müller foi bloqueado por Marcelo após o cabeceio, e James isolou da pequena área, perdendo chance incrível. Os merengues responderam aos 38min, com Ronaldo batendo no canto esquerdo de Ulreich, que caiu para fazer boa defesa. No escanteio originado, Sergio Ramos cabeceou na rede pelo lado de fora. Aos 44min, Tolisso arriscou de fora da área e mandou perto do alvo.

Polêmicas do 1º tempo

Aos 16min, Lewandowski caiu na área após choque com Sergio Ramos e pediu o pênalti. O árbitro Cüneyt Çakır mandou o jogo seguir. Já pouco antes do intervalo, os bávaros pediram outra penalidade, quando Marcelo desviou cruzamento da direita com o braço – não estava claro se o brasileiro estava dentro da área ou não. O juiz assinalou escanteio.

2º tempo: falha bizarra, reação do Bayern e Navas gigante

Aos 5min, Alaba exigiu boa defesa de Navas. Os mandantes responderam quatro minutos depois, com Ronaldo, completamente livre, finalizando por cima do alvo, desperdiçando ótima oportunidade.

Aos 17min, veio o empate. James pegou o rebote de própria finalização bloqueada por Varane e estufou a rede. Emprestado pelo Real ao clube alemão, o colombiano não comemorou o gol, que deixou o time alemão a um tento da classificação.

Os visitantes quase viraram aos 28min, com finalização de Tolisso na área. Navas fez grande defesa. Aos 34min, o goleiro voltou a brilhar em cabeceio de Müller.

Nos minutos finais, o Bayern foi para o abafa e pressionou o adversário, que se defendeu com sucesso e garantiu sua 16ª participação em final de Champions. Agora, o clube tentará seu 13º título.

Compartilhe

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *